Casa Paulista divulga parte do estudo do Instituto Urbem para a PPP de habitação no centro de São Paulo


Site da Agência Casa Paulista já com os arquivos do estudo disponíveis para consulta

Site da Agência Casa Paulista já com os arquivos do estudo disponíveis para consulta

Por Sabrina Duran

A Agência Casa Paulista disponibilizou em seu site parte dos estudos desenvolvidos pelo Instituto Urbem para a PPP de habitação no centro da cidade. Consta no site que os estudos divulgados se referem apenas ao tomo I produzido pelo Urbem. Segundo entrevista dada pelo diretor do instituto, Philip Yang, o trabalho completo desenvolvido por sua equipe tem 12 tomos de 300 páginas cada um.

Em contato na semana passada com a reportagem do Arquitetura da Gentrificação (AG), o subsecretário da Agência Casa Paulista, Reinaldo Iapequino, afirmou que o conteúdo disponibilizado no site seria uma compilação das propostas de modelagem urbanística, jurídica e econômica feitas pelas 5 empresas que venceram o edital de chamamento público para apresentação de estudos técnicos. Segundo Iapequino, os 5 estudos vencedores não foram 100% aproveitados, e a compilação das partes utilizadas totalizariam a íntegra da PPP.

“Para a elaboração desta Modelagem Final, foram utilizados os conteúdos dos estudos financeiros, jurídicos e técnico-operacionais das empresas/consórcios proponentes, com o seguinte grau de aproveitamento: 58% (cinquenta e oito por cento) do URBEM-Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole; 6% (seis por cento) do Consórcio Reviva São Paulo; 6% (seis por cento) do Bairro Novo Empreendimentos Imobiliários S/A e Arquiteto Pedro Taddei e Associados Ltda, calculados sobre R$ 6,24 milhões (seis milhões duzentos e quarenta mil reais), correspondentes a 69,33% (sessenta e nove inteiros e trinta e três décimos por cento) do total estimado de ressarcimento”, diz o texto da ata da 53ª Reunião Ordinária do Conselho Gestor do Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas, realizada no dia 20/2. A ata desta reunião também só foi publicada hoje no site da Agência Casa Paulista.

Ao que parece, apenas a modelagem urbanística foi disponibilizada no site por enquanto. Os estudos foram divulgados após quase um mês desde a primeira solicitação feita pelo AG à Agência Casa Paulista via Secretaria Estadual de Habitação, e após quase um ano desde a finalização do estudo feito pelo Instituto Urbem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *